História da Paróquia

Paróquia São Paulo Apóstolo

Co – Catedral de Alto Solimões – AM

 

O descobrimento da região, hoje município de São Paulo de Olivença foi de responsabilidade do missionário espanhol, Samuel Fritz, da Companhia de Jesus, que com ardor missionário iniciou a evangelização Católica fundando várias missões entre elas a de São Paulo Apóstolo e de São Cristóvão. São Paulo de Olivença é um dos maiores municípios do Amazonas, com uma superfície atual de 19.746 Km2. É município mais populoso da microrregião e o 18º mais populoso do Amazonas, com aproximadamente 37.000 habitantes.

Todo o município foi desenvolvido sobre uma matriz eminentemente Católica, tanto devido a colonização quanto a imigração. A emancipação politica de São Paulo de Olivença acontece definitivamente em 31 de maio de 1882 e a paróquia São Paulo Apóstolo já existia desde 1759, ou seja 123 anos antes da emancipação politica a Igreja Católica já estava presente nesta terra. Ainda hoje a maioria dos Paulivenses são Católicos.

Segundo os registros históricos, a criação da paróquia é datada de 1759 e foi feita pelo bispo do Pará. Depois de 133 anos, em 1892 a paróquia São Paulo Apóstolo passa a ser jurisdição da Diocese de Manaus. Em 23 de maio de 1910 o Papa Pio X com a Bula “Cum ex Nimia Diocesis Amazonum” cria a PREFEITURA APOSTÓLICA DO ALTO SOLIMÕES desmembrada da Diocese do Amazonas com sede na cidade de Tonantins e confiada aos Capuchinhos da  Umbria.

Em 1925  a sede da Prefeitura Apostólica foi transferida de Tonantins para cidade de São Paulo de Olivença, na paróquia São Paulo Apóstolo.

No dia 11 de agosto de 1950, o Papa Pio XII elevou a prefeitura apostólica à categoria de PRELAZIA NULIUS  com a Bula “Laeto Accepimus”. Em 29 de junho de 1951, aconteceu a instalação da Prelazia do Alto Solimões na paroquia São Paulo Apostolo em São Paulo de Olivença.

  • Primeiro bispo prelado – Dom Cesário Minali, OFM Capuchinho. Data – 1955-1958
  • Segundo bispo prelado – Dom Adalberto Doménico Marzi, OFM Capuchinho. Data – 1961-1990

 Dom Adalberto Doménico  Mazi, nomeou cinco párocos para São Paulo Apóstolo e um Vigário Cooperador. O primeiro no dia 23 de maio de 1962, o Vigário cooperador, foi Frei Jeremias de Internesoli, da custodia Capuchinha do Amazônas. Já em três de abril de 1969, foi eleito pároco o Frei Evangelista Magalhães, esse que seria o primeiro bispo da Diocese do Alto Solimões, Dom Alcimar Caldas Magalhães. Dom Adalberto também nomeou o Frei Fugencio Monacelli, como pároco de São Paulo Apostolo, no dia 12 de maio de 1974.  Em 1980 o Padre Inacio Nailson Nunes, sacerdote Diocesano, dá continuidade a esta missão, tomou posso no dia 22 de fevereiro. Continuando a sucessão de sacerdotes que estiveram a frente da paroquia São Paulo Apostolo, no dia 19 de janeiro de 1986, Pe Gervasio Muniz Leal, sacerdote diocesano, toma posse para colaborar e ensina a fé em São Paulo de Olivença. Pe Elias Augusto José, Diocesano, foi empossado no dia 30 de março de 1989 concluindo assim as nomeações de Dom Adalberto Mazi para párocos de São Paulo Apóstolo. Dom Adalberto Mazi faleceu no ano de 2001 na cidade de Manaus estado do Amazonas.

Terceiro bispo prelado e primeiro bispo diocesano, Dom Alcimar Caldas Magalhães, OFM Capuchinho, presidiu a diocese nos anos de 1990 a 2015.

A Prelazia do Alto Solimões foi elevada à dignidade de DIOCESE pelo Papa João Paulo II com a Bula “Constant Praelaturam” de 14 de agosto de 1991. Em 16 de fevereiro de 1992, já com sede da Cúria na cidade de Tabatinga, AM, na Igreja Catedral Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Celebração Eucarística presidida pelo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Carlo Furno, foi constituída a Diocese do Alto Solimões.

 Com a transferência da Sede da Prelazia do Alto Solimões e consequentemente se criando a Sede da Diocese do Alto Solimões em Tabatinga, AM, a Paróquia São Paulo Apóstolo se torna Co-Catedral do Alto Solimões e tem como pároco Pe Elias Augusto José que já estava no cargo desde 1989. Pe Pedro Cesar Amaral Vieira, tomou posse no dia, 11 de maio de 1991, estando a frente da nossa paroquia por 22 anos. Pe Osvaldo Vieira da Costa, tomou posse no dia, 31 de novembro de 2013. No dia 15 de janeiro de 2014, chega em São Paulo de Olivença o Pe Isaias Daniel, que passa a colaborar com a paroquia São Paulo Apostolo como vigário paroquial. Estes dois sacerdotes fazem parte das ultimas nomeações para a proquia São Paulo Apostolo no mandato de Dom Alcimar Caldas, pois o Pe Marcelo Gualberto Monteiro, tomou posse dia 16 de outubro de 2016 já com segundo bispo Diocesano – Dom Dom Adolfo Zon Pereira, SX, que exerce seu episcopado na Diocese do Alto Solimões desde 24 de maio de 2015.

Nossa paroquia pode contar hoje com a ajuda das de duas Irmãs Capuchinhas, três Irmãs Codimarianas e sete missionárias da Comunidade Aliança de Misericórdia.

A paroquia São Paulo Apostolo tem uma historia de muito amor pelo povo Paulivense e também por toda região. Não seria justo dizer que  a missão da Igreja Católica aqui seria especificadamente no âmbito da Fé. Sempre houve nos bispos, padres, religiosos, religiosas, missionários, missionárias, leigos e leigas católicos uma grande preocupação com o social.

Frei Monsenhor Evangelista de Cefalônia, com seu espírito missionário e de educador, preocupado em fazer uma evangelização mais consciente, fundou a 17 de novembro de 1921, o nosso COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO.

Dom Adalberto Doménico Marzi, percebendo a necessidade e cuidar da Saúde deste povo, fundou o HOSPITAL SANTA ISABEL em 1970. Assim durante este quase 300 anos de historia a paroquia São Paulo Apóstolo segue com sua missão de ensinar a fé, e construir um mundo mais justo e fraterno, nesta parcela do povo de Deus em pleno Amazonas.

Dom Adalberto Marzi